Chuck Berry (Clipe Oficial)

Chuck Berry (Clipe Oficial)

User Photo
Music

1 mês
2 Visualizações
Compartilhar
Deseja visualizar esse vídeo depois?
Efetue login para adicionar esse vídeo a uma playlist. Entrar
0 0
Categoria:
Descrição:
Chuck Berry - Black Alien
Letra e Voz: Black Alien
Autoria: Black Alien, Papatinho
Produzido por Papatinho e Black Alien
Gravação: Choppinho
Mix/Master: 2F
Gravado nos Estúdios Papatunes
Foto Capa: oshitbeca
Design: Noélle da Costa
Assist Produção: Lara Fernandes
Assessor de imprensa: Jorge Velloso
Produção Extrapunk Extrafunk

Clipe
Roteiro: Black Alien
Direção Executiva: Black Alien
Diretor: Premier King
Diretor De Fotografia: Bernardo Nielsen
Colorista: Dio go Comum
Vfx- lummi art
Diretor de Produção: Victor Ferrari Lombardi
Produtora: Juliana Lima Costa
Plateau: Ricardo Rodrigues Cunha
Ajudante de Produção: Leandro Alves de Melo
Fotógrafa Still: Rebeca Miria de Souza Lima
2º Assist de Câmera / Logger: Allan de Sa Motta Lima
Operador de Camera: Adilson Marques Pedro
Elétrica: Willians Douglas Charles
Bombeiro: Elias Gomes de Freitas
Figurinista: Raphael Luiz Pereira da Silva
Assistente de Figurino: Francisco Arthur Junqueira Costa
Boombox: Rogério dos Santos
Elenco : Debora Barboza, Papatinho, Amiri, Funk Buia, Julio Cezar.
Apoio: Monstercam e Papaya
Catering : Ipo Bar
Produção de locação: 99 Locs

---
Vai a bereta, fica a lírica
Caixão não tem gaveta
Dessas veias abertas
Deixo a satírica
Nos pés do paranóide, esquizofrenia, toc
Dois pés na porta
Pé de valsa em sinfonia de Loki
Só que antes que eu te soque
Little Richard, Berry
Não é rixa, porém Elvis nunca foi o rei do Rock
Somos só nós
Eu e Eu à sós na ceia
Várias neurose, uma só voz, e o som na veia
Então me diz o que será
Trouxe linhas com cerol, bala come no Ceará
Fecha o tempo sob o Sol,
Se eu meto uma na têmpora sob a lua
Huh, ladeira abaixo, o tempo é rei, eu subo a rua
Imaginação, memória ou presente
Passado e futuro, existe não
Se é que ‘cê me entende
Meninos têm medo do escuro
O homem têm medo da luz
Se perdeu o estado puro
Onde está o jovem Gus?

Deus é Mãe, e Ela é justa meu bem
O tempo é rei, mas Ela que ajusta também
Quebra um, dois, três, racha o crânio e amém
Me traz esses filhas de um puto que não valem um vintém

Eu e meu Karma, qual dos dois é o mais cretino, enfim?
Óh quem diria, há calmaria aqui no camarim
Mas meu cumpadi, que fase, o mundo tá no fim
E em cada frase que eu falo, to falando de mim
Parça, tamo aí
Quando isso passar, tô aqui
Preto, from hell do céu
Entre João Pedro e Miguel
Ninguém é assassino até matar alguém
Nem viciado até comprar de pino dez notas de cem
Mais que o Covid, foi o que eu vi de covarde
Sobrando ego no feed, faltando amor na cidade
O certo é o certo
Mais certo é o estrago da escolha
Vai parar de fumar, esperto
Ou dar uns trago na encolha?
Verso na sala
Lá fora come a bala
Ninguém socorrendo
Hoje geral dorme aqui no corredor
Verso na sala
Lá fora come a bala
Eu tô correndo
Black não dorme
É que eu sou corredor

Deus é Mãe, e Ela é justa meu bem
O tempo é rei, mas Ela que ajusta também
Quebra um, dois, três, racha o crânio e amém
Me traz esses filhas de um puto que não valem um vintém

Eu e meu Karma, qual dos dois é o mais cretino, enfim?
Eu e meu Karma, qual dos dois é o mais cretino, enfim?
Eu e meu Karma, qual dos dois é o mais cretino, enfim?
Eu e meu Karma, qual dos dois é o mais cretino, enfim?

Comentários:

Comente
A seguir Reprodução automática