Tribo da Periferia - Inocente (Official Music)

Tribo da Periferia - Inocente (Official Music)

User Photo
Music

4 meses
2 Visualizações
Compartilhar
Deseja visualizar esse vídeo depois?
Efetue login para adicionar esse vídeo a uma playlist. Entrar
0 0
Categoria:
Descrição:
Inocente - Tribo da Periferia
Inscreva-se no canal - http://abre.ai/canaltribo

Tribo da Periferia:
Instagram: https://instagram.com/tribodaperiferia
Facebook: https://facebook.com/tribodaperiferia
Twitter: https://twitter.com.br/oficialtribo
Site: https://www.tribodaperiferia.com.br

Spotify: https://sptfy.com/tribodaperiferia
Amazon Music: http://abre.ai/amazonmusictribo
YouTube Music: http://abre.ai/youtubemusictribo
Deezer: http://abre.ai/deezertribo
Apple Music: http://abre.ai/applemusictribo
Tidal: http://abre.ai/tidaltribo
iTunes: http://abre.ai/itunestribo
Palco Mp3: http://palcomp3.com.br/tribodaperiferia
Sua Música: https://suamusica.com.br/tribodaperiferia

Kamika-z Produtora®
Contato: (61) 97400-7828 (Vivo - WhatsApp)
E-mail: contato@kamikazprodutora.com.br

Produção Musical: Duckjay (@duckjayreal)
Compositor: Duckjay
#tribodaperiferia

Design: Hugo Pereira

Música: Inocente
Tribo da Periferia
Álbum: 4° Último
(Letra)

Inocência versos crime
Inocência versos amor
Inocência versos viver
Inocência versos Inocência

Inocência que me zelou e me deixou na rua
Me deixou as margens, só naquela noite escura
Ficou pela chuva, pelo caminho das fuga
Me abandonou e não voltou

Podia tá em casa dormindo tranquilamente, mas eu não sou inocente
Podia viver a vida sem uma mulher diferente, mas eu não sou inocente
Podia virar o dia sem mandar nenhuma pra mente, mas eu não sou inocente
Podia fazer silêncio sempre educadamente, mas eu não sou inocente
Desculpa!

Mais já nasci com a culpa as vezes prometo mudar
E vou parar com os camarote vip e open bar
Diminuir alguns DB quando for no rolê
Mais sempre vai ter um filho da ... pra vim julgar
Se fuder, opinião alheia
Mas vou querer a sombra em verão de conversa feia
zzz, que nem abelha
Lembrei dos opaleira, parou nas entre quadra e assim começa a brincadeira
É só menino sem juízo, consequentemente
Fugir dos prejuízo e prosperar daqui pra frente
Não quero muito dinheiro, eu quero é os frevo e muita gente
Respeito! Que esse é o gueto que ostenta diferente
E novamente!

Podia tá em casa dormindo tranquilamente, mas eu não sou inocente
Podia viver a vida sem uma mulher diferente, mas eu não sou inocente
Podia virar o dia sem mandar nenhuma pra mente, mas eu não sou inocente
Podia fazer silêncio sempre educadamente, mas eu não sou inocente
Desculpa!

Realização: Kamika-z Produtora®

Comentários:

Comente
A seguir Reprodução automática